ARTISTAS

Angelos Konstantakatos

GRÉCIA
 

" Aconteceu uma vez que eu tinha diante de mim um cogumelo, algo comum, algo insignificante que ocorre naturalmente em milhares de espécies e em quantidades infinitas. Algo que é sensível, volátil, uma parte da cadeia alimentar fornecendo as necessidades básicas para a sobrevivência de algum animal. Algo que após a germinação na natureza, se não houvesse intervenção humana, seria comido ou iria se decompor naturalmente.

Eu decidi me envolver e intervir neste processo... Eu queria que o comum fosse único, o volátil fosse constante, o transitório permanecesse... Eu queria o cogumelo para cobrir, eventualmente, uma necessidade muito mais sofisticado do que inicialmente prevista...

O processo foi difícil porque o cogumelo parecia não entender a mudança de seu destino e resistiu. Ele estava tentando viver como ele sabia, morrendo e voltando à vida novamente e novamente até que a morte era definitiva...

A morte, que era o pré-requisito para a regeneração e transformação... Nova forma, nova cor, novas texturas, nova tenacidade, nova vida, nova utilização e em especial um novo papel...

Tendo sido transformado em jóias o novo cogumelo enriquece o mundo emocional de pessoa que se regozija."

© 2023 by Name of Template. Proudly created with Wix.com