Público-alvo: artistas, designers, comunicadores, professores; curadores, produtores culturais, empreendedores “afro”, e demais interessados

 

As civilizações africanas do Norte da África – Magrebe –; da África ocidental – Costa –; e, da África oriental, contribuíram com amplos e diversos repertórios que passaram a integrar as nossas identidades e os nossos patrimônios culturais. Por isto, o imaginário brasileiro é repleto de referências, e acervosmateriais, que marcam a nossa multiculturalidade, e isto é devido à diversidade de povos e de civilizações que fazem parte da nossa formação.

 

Muitas das manifestações que experimentamos e valorizamos, no cotidiano e nas festas, trazem grande diversidade de materiais, de formas, de cores, de usos, de tecnologias, de significados e de funções simbólicas, que são reveladoras de uma estética de matriz africana que, na maioria das vezes, sempre é acompanhada do sagrado.

 

Assim, a estética do sagrado pode ser entendida de diferentes maneiras dentro da cultura, como, por exemplo, na interpretação da natureza por meio de representações simbólicas.

Ainda, nesses contextos históricos, de civilizações e de culturas, destacam-se os ofícios que se dedicam aos objetos, aos instrumentos musicais, às danças; e àss representações artísticas que são aplicadas ao corpo: indumentária, joalheria, entre outras.

O sentimento atribuído ao que se considera como sagrado, nas muitas linguagens artísticas, mostram diferentes conceitos de beleza que traduzem as relações do homem com a natureza.

Por tudo isso, o curso – “A Estética do Sagrado: a etnoarte de matriz africana” – quer mostrar, analisar e apontar, essa ampla produção da arte/artesanato de base multiétnica que singulariza o Brasil; e, assim, instrumentalizar as pessoas para o entendimento dessa rica cultura material.

Assim, serão mostrados repertórios que formam patrimônios materiais: máscaras, esculturas, instrumentos musicais; adornos corporais, utensílios, pintura; entre outras manifestações que chegam dos principais povos formadores da nossa afro-brasilidade.

Tudo no formato de estudos de caso com representações das artes étnicas, dos materiais, das tecnologias, e dos diferentes usos sociais e sagrados dos objetos

 

 

OBJETIVOS

 

Mostrar a diversidade das manifestações artísticas que fazem parte da produção material multiafricana no Brasil, e como seu consumo é amplo, e está integrado à vida nacional;

Identificar as expressões ancestrais da arte reconhecida como “afro”;

Analisar as muitas representações visuais que fazem parte do rico acervo patrimonial das matrizes africanas para apoiar diferentes profissionais das artes visuais..

A ESTÉTICA DO SAGRADO | ministrado por Raul Lody

R$ 390,00Preço

    © 2023 by Name of Template. Proudly created with Wix.com

    GALERIA ALICE FLORIANO

    Rua Félix da Cunha 1181 | Porto Alegre | Brasil     galeriaalicefloriano@gmail.com  | +55 51 33775879